Como melhorar a abertura de uma cena

27 maio

O roteirista John August ensina, nesse vídeo, de uma forma bem prática, como melhorar uma abertura de cena, coisa difícil de se fazer, porque pode-se ter a tendência de descrever muito, já que numa abertura tentamos explicar para o leitor o que está se passando, qual o conflito que vem depois, enfim, corre-se o risco de ficar muito descritivo, falar demais, e virar um livro, e não um roteiro.

O John exclui umas três falas da página, e realmente, elas são desnecessárias. No seu curso, Hugo Moss sempre reforça que cada palavra de um roteiro só é necessária se faz a história avançar e/ou se revela mais sobre os personagens, e as linhas que o John August retirou realmente não faziam nenhuma dessas coisas.

Acho que só estavam lá porque o roteirista queria que a cena parecesse mais real, que é uma tendência natural (quando você faz o check-in num hotel, sempre perguntam por quanto tempo você vai ficar). Poderia dizer que as falas “Assine aqui” do final também são desnecessárias, mas não, veja que o recepcionista do hotel queria finalizar a conversa, sem dar mais detalhes sobre o que aconteceu com a fábrica. E essas falas fazem isso muito bem.

Ttambém gosto do detalhe em relação aos repórteres serem de Nova Iorque e a hóspede também ser de lá. Ele utiliza a carteira de motorista como link. Boas dicas.

Fonte: Blog do John August

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: