Arquivo | Soundtracks RSS feed for this section

Sugestão de Música: Via con me

6 ago

“Its wonderful, its wonderful, its wonderful

good luck my babe, its wonderful,

its wonderful, its wonderful, I dream of you

chips, chips, du-du-du-du-du”

Composição: Paolo Conte

Faz parte da trilha sonora de French Kiss.

Anúncios

A Música de Up – Altas Aventuras

5 ago

Se eu ouvir esta música dois milhões de vezes acho que consigo enjoar. Esta é a faixa 1 (Up with titles), da trilha sonora de Up – Altas Aventuras, feita pelo genial compositor Michael Giacchino. Venceu o Oscar de Melhor Trilha Sonora em 2010.

Últimas cenas de Les Choristes

2 jun

A Voz do Coração (Les choristes) é um filme francês lançado em 2004 e dirigido por Christophe Barratier, que também assina o roteiro, em parceria com Philippe Lopes-Curval.

O filme conta a história de órfãos que vivem em um orfanato repressivo, e que encontram na música uma forma de transformar sua dura realidade.

A música, portanto, é um ponto alto do filme. O responsável é Bruno Coulais. E o jovem cantor Jean-Baptiste Maunier rouba a cena com sua linda voz.

Entre as músicas mais bonitas do filme, estão “Vois sur ton chemin” e “cerf-volant”, a música que ouvimos nesse vídeo. Essa é cena em que o professor de canto é demitido e as crianças, que não podem se despedir pessoalmente, enviam-lhe mensagens escritas em aviõezinhos de papel.

Les Choristes é na verdade um remake de um filme de 1945, “A Cage of Nightingales” (La Cage aux Rossignols), adaptado do livro de Georges Chaperot por Noël-Noël e René Wheeler.

Strictly Ballroom – Vem Dançar Comigo

28 maio

“Vem Dançar Comigo” (Strictly Ballroom) é um dos meus filmes prediletos.

O tom um tanto berrante talvez se explique por ele ser na verdade a adaptação de uma peça de teatro de 1986, daí algumas cenas parecerem surrealistas.

O roteiro do filme foi adaptado por Baz Luhrman, diretor, que também escreveu a peça original, juntamente com Andrew Bovell. A equipe, atores e diretores é australiana, e foi na Austrália que o filme parece ter sido rodado.

Scott (Paul Mercurio) e Fran (Tara Morice), os protagonistas, têm uma química maravilhosa e são parte do sucesso do filme, lançado em 1992. Em Cannes, diz-se o público aplaudiu de pé por vários minutos antes do final da exibição. Nessa edição do festival, o filme venceu o “Award of the Youth” na categoria de filme estrangeiro.

No vídeo acima, algumas das cenas de dança, ao som de Time After Time, cantada pela própria Tara Morice. Outra sequência de dança que eu adoro é a da rumba na casa de Fran, ao som de “Rhumba de Burros”, que não encontrei no YouTube.

Fonte: WikiPédia

Sequência mais famosa de Singing in the rain

16 maio


Essa é a cena mais famosa do filme Singing in the Rain (Cantando na Chuva), de 1952.

Gene Kelly foi coreógrafo do filme e também um dos diretores, além de representar o personagem principal, um ator bem sucedido que vive na época de transição do cinema mudo para o falado. Essa transição é fundamental para o argumento do filme.

Diz-se que o filme custou apenas US$ 2,5 milhões e que foi praticamente ignorado pela mídia, além de render apenas US$ 7,7 milhões em todo o mundo. Não recebeu nenhum Oscar, apesar das duas nominações.

Hoje em dia, é um dos musicais mais famosos, vistos e apreciados do cinema.