Archive | Internet RSS feed for this section

Site de Jackson Pollock

26 set

No site Jacksonpollock.org é possível fazer sua própria action painting com o mouse.

De onde vêm as boas ideias?

15 set

Eu queria aprender a fazer esses desenhos feras.

O Ciberespaço é um metameio

22 abr

Escaping Criticism, 1874
by Pere Borrell del Caso
Oil on canvas
Collection Banco de España, Madrid (fonte da foto)

“O ciberespaço integra todas as mídias anteriores, como a escrita, o alfabeto, a imprensa, o telefone, o cinema, o rádio, a televisão. (…) O ciberespaço não é um meio, é um metameio”.

Pierre Lévy

Da liberdade que o blog me dá

24 mar

Uma das coisas que mais gosto nos blogs é a liberdade de formato que ele nos permite. Não tenho que escrever um texto “padrão”, posso colocar os títulos que quiser, posso começar pelo fim, terminar o assunto em outro post, mesclar com imagens, áudios, vídeos, citações. Tudo sem pé nem cabeça, mas muito compreensível. O blog nos permite expressar com mais fidedignidade nosso fluxo de pensamentos. E ainda por cima tenho um canal gratuito, livre e de minha total responsabilidade. Isso, para quem trabalha com comunicação, é muito bom de se ver.

Que não me deixa mentir

24 mar

“O que a emergente era da mobilidade vem colocando em relevo, antes de tudo, é a necessidade de reavaliação dos prognósticos tanto sobre o desaparecimento da experiência humana do lugar e das interações sociais em presença, quanto sobre a perda da integridade corporal do humano na intersecção com sistemas cibernéticos – computadores, organismos engenheirados biogeneticamente, sistemas espertos, robôs, andróides e ciborgues”.

Lucia Santaella, no texto “Mídias locativas: a internet móvel de lugares e coisas”.

Blog é mídia

22 mar

Eu sou jornalista, e só agora tenho aprendido um pouco mais sobre publicidade e me arriscado a caminhar nesse território. Escrevo para dois blogs há cerca de três anos e comecei pela simples satisfação em escrever, mas ao longo dos meses vi o número de leitores crescer até quase duplicar, e também o número de contatos vindos de empresas e pessoas interessadas em divulgar seus produtos/serviços nos blogs aumentar cada vez mais.

Isso foi me convencendo, na prática, que estava diante de um veículo de comunicação, com potencial para servir como uam forma de divulgação/publicidade para algumas empresas. Comecei a pensar em formas de tornar os blogs mais rentáveis financeiramente e também de dar mais visibilidade ao trabalho dos bloggers.

Comecei a pesquisar sobre “posts pagos”, que têm uma fama tão ruim na “blogsfera” que prefiro chamá-los de “posts patrocinados”, simplesmente porque fere menos meu brio de jornalista.

Encontrei um artigo o Brainstorm #9 que resume muito do que penso a respeito dos blogs (bons blogs, hein, gente?):

“É hora de se afirmar como mídia sim, mídia sem que seja necessária uma instituição por trás, uma mídia que é você, que oferece conteúdo de qualidade, que tem uma audiência cativa e, é claro, sem perder a personalidade e vender a opinião”. (fonte)

 

Arquitetura da Informação (AI)

14 mar

“A estrutura de um site, em termos de navegação, hierarquia do conteúdo e disposição dos elementos interativos, recebe o nome de Arquitetura da Informação (AI). Ela é a base sobre a qual serão construídos todos os demais elementos do site – como forma, função, metáforas, navegação e interface, interação, design – e tem como uma de suas principais funções ‘defender os interesses do usuário e evitar que ele experimente momentos de frustração ao navegar'” (Dauch, 2000)

As atribuições do Arquiteto da informação incluem:

1. Definir a missão e a visão para o site;
2. determinar o conteúdo e a funcionalidade do site;
3. especificar como os usuários encontrarão a informação no site;
4. planejar minuciosamente como o site irá acomodar o crescimento futuro e eventuais mudanças.

pgs 134 e 135 do livro “Jornalismo na internet”, de J.B. Pinho

Foto: jpoesen