Arquivo | Comédia RSS feed for this section

Peça e Série Clandestinos

17 nov

Série Clandestinos, de João Falcão, Guel Arraes e Jorge Furtado, com colaboração de Adriana Falcão. Esta “equipe” é garantia de bons roteiros, mas parece que a série não tem roteiro pré-definido, o que torna tudo ainda melhor!

Blog da Série.

Site oficial.

Anúncios

Vice-versa

18 ago

Assisti a “Ela é o cara” (She’s the man). É uma comédia romântica adolescente, que brinca com preconceitos de ser menino ou menina. Como gosto de cinema americano, eu gosto deste filme, mas não é indicado para quem só assiste a  filmes “complexos”.

Lembrei-me de outros filmes em que um homem se passa por mulher e vice-versa, situação que sempre rende bons roteiros para escritores. Há a classica Madame Butterfly, o divertido Tootsie, com Dustin Hoffman, Uma babá quase perfeita (Mrs. Doubtfire), Quanto mais quente melhor, Garotos não choram e E se eu fosse você (com um enfoque diferente)

The Holiday

14 ago

“Iris, if you were a melody…

I used only the good notes.”

Esta é a minha cena favorita do filme “O Amor não tira férias” (The Holiday), quando Iris e Miles improvisam a letra da canção de Arthur. Deveriam ter feito durar uns 20 minutos (!). É o trecho que vai do minuto 4:00 ao 5:47 neste vídeo.

O texto e a direção é de Nancy Meiers, a mesma de “Do que as mulheres gostam”,  e “Alguém tem que ceder”. Veja o trailer aqui.

Foto: NYTimes

Daddy Day Care

29 mar

Eu adoro esse filme, apesar de ser bem bobinho, com piadas previsíveis de crianças arrotando e fazendo cocô, mas são crianças talentosíssimas e o elenco é bem entrosado. Um filme leve e criativo, um daqueles que eu gostaria de escrever.

Em português, o título é “A Creche do Papai”.

Comédia romântica “Apenas o Fim”

14 jun
O estudante de apenas 20 anos Matheus Souza convidou os atores Érika Mader e Gregório Duviver, que também são seus colegas de faculdade e tablado para serem os protagonistas desta comédia romântica, “Apenas o Fim”.
O filme estreou no dia 12 de junho em alguns (poucos) cinemas.
Apesar do baixo orçamento, pelo trailer, pode-se ver que o longa-metragem foi bem feito e tem um roteiro criativo e divertido. “Sempre me perguntam qual foi a minha maior dificuldade nas filmagens. Não sei. Acho que era decidir quem ia pagar o pão na chapa do dia”, disse Gregório em uma entrevista para o jornal O Globo.

Fonte e trailer: PipocaBlog

Os Improváveis

13 jun

“Improvável” é o nome de um espetáculo de improvisação realizado por um grupo de atores da Cia Barbixas de Humor.

Não tem roteiro (!), apenas um mestre de cerimônias define as regras de uma brincadeira que vai guiar os atores durante a apresentação. Cada espetáculo é diferente e conta com a participação da platéia e de atores convidados. Inspirado no programa “Whose Line is it Anyway?”, da Inglaterra e EUA. Muito bom!

A Sogra – Monster-in-Law

1 jun

a_sograMais um filme em que a atuação da atriz principal resulta em diversão. Jane Fonda está fantástica nesse A Sogra (Monster-in-law), um filme cujo plot é bem simples, baseado no estereótipo  da sogra “má”, mas que termina sendo uma excelente surpresa.

Além da atuação de Jane Fonda, J. Lo também está muito bem no papel. Eu tinha um certo preconceito em relação a ela, mas hoje em dia começo a achar que a sua atuação é bastante profissional e que ela se dedica bem a seus papéis.

Um dos melhores momentos acontece durante um jantar, em que a personagem de Jane Fonda, ajudada pela sua assistente, que também é muito bem representada pela atriz Wanda Sykes, tentam evitar que a personagem de Jennifer Lopez coma um moho que tem nozes triturados (pois ela é alérgica a nozes). Vale a pena assistir.

Roteiro: Anya Kochoff